O mais criativo e bem planejado viral de todos.

 

Tudo começou com um viral postado no youtube, em que duas tchecas, Michaela e Dominika falavam da sua vontade de conhecer o nordeste brasileiro e contar suas aventuras.

O vídeo já dava a entender que fosse alguma ação publicitária, mas mesmo assim o Pânico da Rede TV caiu em uma armadilha e convidou as garotas para estrelarem o quadro “Tchecas do Brasil”, ao lado de Sabrina Sato.
No total foram 8 semanas no programa gerando mídia espontânea na Rede TV!

O programa Pânico na TV sempre foi especialista em pregar peças nos seus apresentadores, panicats e até nos telespectadores, mas desde março o feitiço virou contra o feiticeiro.

Só que tudo não passava de encenação, as garotas foram contratadas bem antes de viajarem para o Brasil pela  CBBP, Companhia Brasileira de Bebidas Premium, para o lançamento da nova cerveja Proibida. Nem os nomes e nacionalidade das duas eram reais.

A Folha de São Paulo descobriu o ambush marketing e foram eles que acabaram contando para produção do Panico na TV que era uma campanha de marketing.
O grande problema é que o “Pânico” tem um contrato de exclusividade com a
Skol, patrocinadora do programa, e acabou fazendo propaganda de graça para a concorrente. A AmBev pediu que o quadro das falsas tchecas não fosse mais ao ar e que elas sequer fossem mencionadas no programa.

O bordão criado pelo Pânico foi: “Libera a Tcheca” e no fim elas revelaram a proibida.

http://www.proibida.com.br/home.php